Polícia Federal poderá deixar de emitir passaportes

De acordo com o Ministério da Justiça, Itamaraty será procurado para acumular a função. Ainda não há posicionamento oficial sobre a alteração

Passaporte brasileiroO Ministério da Justiça e a Polícia Federal analisam a possibilidade da polícia não ser mais responsável pela emissão de passaportes. Os dois órgãos estudam transferir a função ao Itamaraty.

A ideia da Justiça é manter a PF como polícia judiciária e voltada para investigações. Numa espécie de restruturação, atividades administrativas devem sair do âmbito da instituição. "A PF deve deixar cada vez mais as funções administrativas com outros órgãos", afirmou o ministro José Eduardo Cardozo ao jornal Valor Econômico.

A direção-geral da PF apoia a medida. A avaliação interna de delegados e agentes é de que a atividade, além de burocrática, não tem relação com o propósito da atividade policial. A PF alega que, como o passaporte é seguro e difícil de ser falsificado, não há necessidade de ser expedido pelo órgão. A instituição ficaria apenas com o controle das informações sobre passaportes, para efeito de registro de entrada e saída de pessoas do país e realização de investigações.

Para que a medida seja efetiva é necessário confirmar a transferência das emissões de passaportes para outra pasta do governo e a tendência é a de que o Ministério das Relações Exteriores seja procurado para absorver essa tarefa. Procurado, o Itamaraty informou que não há entendimentos para que o órgão se torne responsável pelo procedimento e que ainda não vai se pronunciar sobre a possível transferência de função. No Brasil, apenas passaportes diplomáticos e oficiais são emitidos pela Pasta.

A PF alega que o serviço atualmente é 90% terceirizado nos Estados e poderia ser transferido para outro órgão administrativo. A sucursal de São Paulo emite, em média, três mil passaportes por dia. Mesmo assim, o sistema é ineficaz. Com frequência há falhas nas emissões de passaportes. 
Fonte: Veja

Passaporte brasileiro é o segundo mais valorizado da América do Sul

Passaporte brasileiro é o segundo mais valorizado da América do SulUm ranking divulgado no início do mês de maio revelou que o Brasil tem o segundo passaporte mais valorizado da América do Sul, permitindo que o turista brasileiro viaje para 146 países sem a necessidade de visto. Esse estudo é feito desde 2006 pela empresa de consultoria Henley & Partners, em colaboração com a Associação Internacional de Transporte Aéreo (IATA, na sigla em inglês).

No continente sul-americano, o passaporte brasileiro só perde para o argentino, que dá poder para os ‘hermanos’ viajarem livremente para 147 países. O Chile vem na sequência, com 141 países, seguido do Uruguai (132) e da Venezuela (128). A Colômbia aparece na última posição, com apenas 63 países.

O índice levou em conta 219 nações e territórios ao redor do mundo. A pontuação máxima que cada país poderia atingir era de 218 pontos, já que o próprio país não entra na contagem.

Na classificação global, Argentina e Brasil ocupam o 18º e 19º lugar, respectivamente. Já o posto de número um do ranking foi dividido por Finlândia, Suécia e Reino Unido; os cidadãos desses três países europeus têm a liberdade de viajar para 173 destinos sem a necessidade de solicitar o visto.

Na lanterninha da lista aparecem os afegãos (93º lugar), iraquianos (92º), além dos paquistaneses e somalianos, empatados na 91ª posição. Os viajantes do Afeganistão, por exemplo, podem entrar sem visto em apenas 28 países dos 219 possíveis.

No entanto, a ausência do visto não garante necessariamente a entrada de um viajante em determinado destino. Ele apenas indica que o passaporte foi revisado pelo funcionário de um consulado ou embaixada e que você está elegível para entrar no país sob uma finalidade específica.

No caso dos brasileiros, em 2008 – o ano do levantamento anterior – era possível viajar para 122 países sem o visto, ou seja, desde então 24 destinos abriram suas portas. Para os Estados Unidos, país que mais recebe turistas brasileiros, o visto continua sendo uma exigência. Os chilenos, por exemplo, estão isentos dessa obrigatoriedade desde que entraram no programa norte-americano ‘Visa Waiver Program’ no ano passado.

Nova regra deverá estimular a entrada de turistas estrangeiros no Brasil

Se, por um lado, os brasileiros têm mais liberdade para viajar, por outro, uma nova regra anunciada na última quarta-feira (7) deverá estimular a entrada de turistas estrangeiros no Brasil. O processo de concessão de vistos para interessados em visitar o país ficará mais rápido e barato graças à possibilidade de realizar os procedimentos via internet.

No novo sistema, o estrangeiro poderá emitir os documentos necessários pela rede, diminuindo os custos para a emissão do visto e o tempo de espera. Além disso, a plataforma facilitará a dispensa de vistos, desde que o país de origem do viajante dê o mesmo tratamento para os turistas brasileiros.

"Com o novo mecanismo, um turista norte-americano que mora, por exemplo, em uma cidade do interior, mais distante de um consulado brasileiro, poderá fazer o pedido de visto pela internet, sem necessidade de viajar a outra cidade para entregar os documentos. Isso reduzirá seus custos com o processo do visto e sobrará mais dinheiro para a viagem ao Brasil", afirmou Vicente Neto, presidente do Instituto Brasileiro do Turismo (Embratur).

Com isso, a expectativa é que a emissão eletrônica aumente o número de turistas estrangeiros no país: "no longo prazo, essa medida, assim como a simplificação da isenção de vistos, contribuirá para atingirmos nossa meta de 10 milhões de estrangeiros em 2020", completou Neto. Em 2013, o Brasil recebeu 6 milhões de turistas, enquanto as projeções do Ministério do Turismo para este ano giram em torno de sete milhões de visitantes – sendo 600 mil só no período da Copa do Mundo.
Fonte: MSN Viagem

Agilização de vistos para os Estados Unidos em Porto Alegre começa no dia 19 de março

Centro de atendimento torna processo mais rápido

Centro de Atendimento para Serviços de Visto (CASV) em Porto AlegreO processo de encaminhamento de visto para os Estados Unidos será facilitado aos gaúchos a partir de 19 de março. Nesta data, começa a funcionar o Centro de Atendimento para Serviços de Visto (CASV) em Porto Alegre, que deve acelerar a emissão da primeira solicitação do documento e resolver processos de renovações e outras autorizações onde há isenção de entrevista.

No CASV serão coletadas informações biométricas, como fotos, impressões digitais e documentações exigidas nas primeiras etapas para emissão do visto norte-americano. No entanto, até que seja instituído o consulado em Porto Alegre, prometido para o final de 2015, a segunda etapa, que consiste em uma entrevista, continuará ocorrendo na embaixada dos Estados Unidos, em Brasília, ou nos consulados já existentes, localizados no Rio de Janeiro, São Paulo e Recife. A previsão é que 25% dos cidadãos que têm interesse em viajar aos Estados Unidos consigam resolver todas as demandas exigidas no CASV da capital.

O centro de atendimento terá capacidade de encaminhar mais de 35 mil novas autorizações de visto americano em Porto Alegre ainda em 2014. O ministro conselheiro da embaixada dos Estados Unidos no Brasil, Todd Chapman, destaca que o CASV representa uma etapa preparatória para a instalação do consulado em 2015. “O centro é um importante passo que irá facilitar questões logísticas na primeira emissão. Já as renovações de visto poderão ser efetuadas, o que consideramos um grande avanço”, frisa.
Fonte: Diário de Canoas

Novos centros de requerimento de visto canadense (VACs)

setembro 28, 2013 2 comentários

Três novos Centros de Requerimento de Vistos (VACs) abrirão nos seguintes endereços:

Rio de Janeiro: 02 de outubro de 2013Novos centros de requerimento de visto canadense (VACs)
Avenida das Américas, 3500, Ed. Le Monde Offices – Torre Hong Kong, salas 612/613/614/615
Barra da Tijuca, Rio de Janeiro

Brasília: 03 de outubro de 2013
Brasilia Shopping and Tower, quadra 5, Setor Comercial Norte – SC / lote sala 1126, Brasília

São Paulo: 04 de outubro de 2013
Avenida das Nações Unidas, No. 12.551, salas 1809 e 1810, 18o andar
World Trade Center Sao Paulo, São Paulo.

Os  atuais VACs-CSC dessas cidades continuarão a prestar serviços normalmente até lá.
Os pedidos de visto recebidos pelos VACs-CSC continuarão a ser  processados – Não há necessidade de contatar o Consulado Geral do Canadá. Os passaportes a serem entregues após o fechamento dos VACs-CSC serão devolvidos pelo Consulado diretamente aos requerentes.

Comunicado do VAC – Centro de Requerimentos de Visto do Canadá

O VAC fechará permanentemente nas seguintes datas: Visto do Canadá
Rio de Janeiro: 01 Outubro 2013
Brasilia: 02 de Outubro 2013
São Paulo: 03 de Outubro 2013, às 14hs
Depois deste dia, os requerentes deverão entrar em contato com o Consulado do Canadá em São Paulo ou Cidadania e Imigração do Canadá www.cic.gc.ca para obter informações.

Após o fechamento dos VACs, os passaportes remanescentes serão devolvidos pelo Consulado através de carta registrada para o endereço indicado no formulário de solicitação de visto.

Solicitações enviadas por Correios serão recebidos até:
Rio de Janeiro: 17 de Setembro de 2013,
Brasília: 18 de Setembro de 2013,
São Paulo: 19 de Setembro de 2013.

Os Centros de Requerimentos de Visto (VACs) estão autorizados a aceitar requerimentos de Permissão de Estudo, Permissão de trabalho, visto de residência temporária e documentos de viagem para residentes permanentes em nome da Embaixada do Canadá no Brasil.

Como tirar visto para China

Vistos Consulares: 
Brasileiros necessitam de visto de entrada:

Documentação Necessária para Obter Vistos

1. Documento Básico

ü Passaporte com validade de, no mínimo, seis meses, e com uma página de visto em branco;

ü Formulário preenchido, baixar o Formulário de Pedido de Visto

Formulário de visto 2013 (principal)

http://saopaulo.china-consulate.org/pl/lsqw/P020110301719843534572.pdf (complementar)

ü 1 foto recente de tamanho 3×4.

ü Reserva da passagem

ü Reserva de hotel

ü Declaração da empresa brasileira constando cargo ou função que exerce com carimbo de CNPJ  / Contrato social / Comprovante de matrícula do ano letivo / Fazer declaração com firma reconhecida pelo cartório se for autônomo, aposentado, dona de casa, desempregado;
Para autônomo, aposentado, dona de casa, desempregado e estudante é necessário apresentar comprovante de renda

ü Roteiro da viagem

ü Para os solicitantes estrangeiros, é obrigatório apresentar RNE (ou protocolo) original e cópia.

ATENÇÃO: Os solicitantes que têm outra nacionalidade além de brasileira devem solicitar o visto com o passaporte brasileiro.

2. Categorias de vistos e documentação necessária:

- Visto de Negócio (Visto F)

ü 1 foto recente de tamanho 3×4;

ü Reserva da passagem ;

ü Reserva de hotel ;

ü Declaração da empresa brasileira constando cargo ou função que exerce com carimbo de CNPJ / Contrato social / Comprovante de matrícula do ano letivo / Fazer declaração com firma reconhecida pelo cartório se for autônomo, aposentado, dona de casa, desempregado;
Para autônomo, aposentado, dona de casa, desempregado e estudante é necessário apresentar comprovante de renda ;

ü Roteiro da viagem ;

ü Carta de convite oficial de algum Departamento relacionado ao Governo Chinês

ATENÇÃO: Com convite, pode pedir visto de uma entrada, duas entradas, ou múltiplas entradas. Em caso de o solicitante já ter visitado a China algumas vezes e querer tirar um visto de múltiplas entradas, é obrigatório apresentar cópia dos vistos anteriores.

- Visto de Turismo (Visto L)

ü 1 foto recente de tamanho 3×4.;

ü Reserva da passagem ;

ü Reserva de hotel ;

ü Declaração da empresa brasileira constando cargo ou função que exerce com carimbo de CNPJ / Contrato social / Comprovante de matrícula do ano letivo / Fazer declaração com firma reconhecida pelo cartório se for autônomo, aposentado, dona de casa, desempregado;
Para autônomo, aposentado, dona de casa, desempregado e estudante é necessário apresentar comprovante de renda ;

ü Roteiro da viagem ;

ü Pretendendo visto de múltiplas entradas, é obrigatório o solicitante apresentar cópia dos vistos anteriores.

ATENÇÃO: Para visitar a Região Autônoma de Tibet, antes de mais nada, o solicitante precisa entrar em contato com "The Tourist Bureau of Tibet Autonomous Region" para obter autorização (Tel: 0086-891-6834313 , Fax: 86-891-8634632).

- Visto de Estudante (Visto X)

ü 1 foto recente de tamanho 3×4.;

ü Reserva da passagem ;

ü Reserva de hotel ;

ü Roteiro da viagem ;

ü Comprovante de matrícula do ano letivo

ü O Formulário de JW201 ou JW202 (Foreign Student Visa Application Form), emitido e aprovado pelo Ministério de Educação da China;

ü Carta de Admissão da universidade;

ü Atestado de saúde, FOREIGNER PHYSICAL EXAMINATION FORM

         O formulário pode ser obtido no site:

http://www.travelchinaguide.com/embassy/pdf/physical.pdf

    ATENÇÃO: Trazer todos os documentos originais, e cópias do formulário de exame médico, de todos os  resultados e laudos, cópia do formulário JW201 ou JW202, e cópia da carta de Admissão da universidade.

- Visto de Trabalho (Visto Z)

ü 1 foto recente de tamanho 3×4;

ü Reserva da passagem ;

ü Reserva de hotel ;

ü Declaração da empresa brasileira constando cargo ou função que exerce com carimbo de CNPJ / Contrato social / Comprovante de matrícula do ano letivo / Fazer declaração com firma reconhecida pelo cartório se for autônomo, aposentado, dona de casa, desempregado;
Para autônomo, aposentado, dona de casa, desempregado e estudante é necessário apresentar comprovante de renda  ;

ü Roteiro da viagem ;

ü Carta de convite original, emitida pelo Governo Chinês;

ü Licença de Emprego, emitida pelo Ministério de Trabalho da China;

ü Atestado de saúde, FOREIGNER PHYSICAL EXAMINATION FORM;

         O formulário poderá ser obtido no site: COLOCAR ESTE LINK

http://www.travelchinaguide.com/embassy/pdf/physical.pdf

ü Os solicitantes que sejam convidados para servir no projeto de pesquisa científica e acadêmica devem apresentar "Foreign Specialist’s Licence", emitido pela Secretaria de Especialista Estrangeira da China.

ATENÇÃO: Trazer todos os documentos originais, e cópias do formulário de exame médico, dos resultados e laudos, cópia da carta de convite e licença de emprego.

-Visto de Trânsito (Visto G)

ü 1 foto recente de tamanho 3×4.;

ü Reserva da passagem ;

ü Reserva de hotel ;

ü Declaração da empresa brasileira constando cargo ou função que exerce com carimbo de CNPJ / Contrato social / Comprovante de matrícula do ano letivo / Fazer declaração com firma reconhecida pelo cartório se for autônomo, aposentado, dona de casa, desempregado;
Para autônomo, aposentado, dona de casa, desempregado e estudante é necessário apresentar comprovante de renda ;

ü Roteiro da viagem

ü Visto válido do país destino, ou um convite e passagem aérea figurando o trânsito pela China.

-Visto de Jornalista (Visto J-1, J-2)

Em primeiro lugar, deve entrar em contato com a Seção de Imprensa da Embaixada da China em Brasília, Tel: 61-2195-8200.

3. Observação

- O pedido de visto poderá ser negado, caso as informações contidas no formulário sejam falsas e incompletas.

  O solicitante assumirá todas as conseqüências derivadas.

- Os titulares dos vistos tipo X, Z, D ou J-1 devem tratar de formalidades de residência em departamento local de segurança pública dentro de 30 (trinta dias) a partir do dia de entrada.

- É proibido o emprego no território da China sem autorização.

- Se nenhum caso combinar com o seu, pode ligar: 11-30829877 para consulta. 
  O horário de atendimento de ligações é das 9:00 às 17:30, de 2ª feira à 6ª feira.

Embaixadas e Consulados Brasileiros no Exterior:
Embaixada do Brasil em Pequim
27, Guanghua Lu – Chaoyang District
Beijing – 100600
Tel: (8610) 6532 2881 Fax: (8610) 6532 2751
e-mail: info@brazil.org.cn ou consular@brazil.org.cn
site
: www.brazil.org.cn

Consulado Geral no Brasil em Shanghai
1375 Huai  Zhong Road,
Qi Hua Tower 10F
Shanghai – CHINA
tel.: (8621) 6437 0110 fax.: (8621) 6437 0160
e-mail: visa@consbrasxangai.com
site: http://www.consbrasxangai.com

Embaixadas e Consulados Estrangeiros no Brasil:
Embaixada da República Popular da China em Brasilia
SES. Av. das Nações.Lote 51.Quadra 813.
Brasília – DF – Cep: 70443-900
Tel: 61 2195-8200 Fax: 61 3346-3299
e-mail: chinaemb_br@mfa.gov.cn
site: http://www.embchina.org.br/por

Consulado Geral da República Popular da China no Rio de Janeiro
Rua Muniz Barreto, Nº 715, Botafogo
Rio de Janeiro, RJ – CEP: 22251-090
Tel: 21 3237-6600 / 3237-6614 Fax: 21 2551-5736
E-mail: chinaconsul_rj_br@mfa.gov.cn
site: http://riodejaneiro.chineseconsulate.org

Consulado-Geral da Republica Popular da China em São Paulo 
Rua Estados Unidos, 1071, Jardim América,
São Paulo-SP – CEP: 01427-001 
Tels.: 11 3082-9877/3891-1282  Fax: 11 3064-2531
site: http://saopaulo.china-consulate.org/pl/


Formulário Baixar formulário

Informações
visto.consular@hotmail.com

passagem e pacote de viagem para China

CategoriasChina

Entra em vigor isenção de visto de curta duração para o México

O acordo, anunciado em março, é resultado de uma decisão conjunta dos governos dos dois países e passa a valer a partir desta quinta-feira (16)

brasileiros poderão viajar para o México e permanecer até 90 diasA partir desta quinta-feira (16) entrará em vigor a isenção de vistos de curta duração para brasileiros que viajam para o México e aos mexicanos que vêm para o Brasil.

Os brasileiros poderão viajar para o México e permanecer até 90 dias sem a necessidade do visto, a medida também vale para os mexicanos que visitarem o País, é o que diz o Acordo para a Isenção de Vistos de Curta Duração em Passaportes Comuns, assinado em 23 de novembro de 2000 e retomado entre os dois países.

O acordo permite o ingresso de cidadãos de um país no território do outro país, sem necessidade de visto, por períodos de até 90 dias, contados a partir da data de entrada, renováveis, desde que a permanência total não exceda 180 dias no período de um ano. A aplicação do acordo havia sido suspensa em 8 de setembro de 2005, com efeitos a partir de 23 de outubro daquele ano.

Exigências

visto de curta duração para o MéxicoOs interessados devem lembrar que a isenção de vistos de curta duração não significa que outras exigências sejam feitas no momento do controle migratório, como por exemplo, passagem de regresso, prova de meios de subsistência e comprovante de hospedagem.

O Itamaraty recomenda que os brasileiros, que viajam para o México, consultem as páginas eletrônicas do Consulado-Geral do Brasil no México e do Serviço Exterior mexicano para conhecerem as condições de ingresso no país.

Em caso de dificuldade, o viajante pode ligar para os seguintes telefones: 55-4160-3953 (chamadas a partir da Cidade do México), 04455 3455-3991 (chamadas da Cidade do México), 0155 3455-3991 (chamadas de qualquer outro local no México) e 00xx52155 3455-3991 (chamadas de qualquer lugar do Brasil). Ou ainda enviar e-mail assistencia.cgmexico@itamaraty.gov.br.

Visto

O visto é a permissão de entrada concedida por um país ao cidadão estrangeiro. Varia de acordo com a duração e o objetivo da viagem. Deve ser solicitado no consulado ou embaixada do país de destino.

Os brasileiros que desejam obter o visto de entrada em outros países devem comparecer ao consulado ou embaixada do país de destino. Estados Unidos, Japão, China, Índia, entre outros, são algumas das nações que exigem a documentação nos passaportes brasileiros, assim como a maioria dos países de Oceania, África e Europa oriental.

Nações da Europa ocidental e América Latina não solicitam visto para turistas brasileiros, devido a um acordo de reciprocidade com o Brasil.

No Brasil, existem sete tipos de visto para estrangeiros: trânsito, turista, temporário, permanente, cortesia, oficial e diplomático.

Fontes:
Ministério das Relações Exteriores com informações da Agência Brasil

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 29 outros seguidores